Formação Psicanalista

“CURSO DE ESTUDOS DAS OBRAS DE FREUD E PÓS FREUD “

PSICANÁLISE

 

  C/ OPÇÃO TRIPÉ PSICANALÍTICO ( ESTÁGIO DE ESCUTA VOLUNTÁRIA)

Click Individualmente nos links abaixo para abrir:

A ciência do Inconsciente de Freud  está comprovadamente de Volta 

Consulta ao Conselho Federal de Medicina 

Click aqui: Para ser Psicanalista não é necessário ser Médico ou Psicólogo  

Click e  leia  Parecer do  CFM Conselho Federal de Medicina 

Parecer do Conselho Regional de Medicina do Paraná 

As Diferença da Psiquiatria, Psicologia e Psicanálise 

Dilemas da Formação em Psicanálise 

Formação e Aspiração a Psicanalista – Tripé da Psicanálise 

CBO do Psicanalista – Ministério do Trabalho e Emprego – Governo Federal 

Qual a  Diferença de Ocupação e Profissão 

Psicanalista é Ocupação Reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego 

Psicanálise está Proibida no Brasil ? 

Desembargador do Tribunal de Justiça do R.J. Homenageia Sigmund Freud  

Obras de Freud são de Domínio Público desde 2010 

ENTRE ENSINAR PSICANÁLISE E FORMAR PSICANALISTAS

 

Esclarecimento Importante:

Curso de Estudos Obras de Freud e Pós Freud Institucional da ABMP-DF

Reconhecido:  Sociedade Internacional de Psicanálise de Londres – UK

Aviso:

Essas orientações são Internas e estão sujeitas a mudanças, alterações e atualizações sem prévio aviso.

Esclarecemos aqueles Cursistas que fizerem somente os módulos “presenciais” (Análise-Didática) e não fazerem sua Análise terapêutica, e Análise de Supervisão, não podem fazer “Escuta e Acolhimento” Supervisionado.

Quem não fizer os procedimentos do “tripé Psicanalítico Tradicional”  ao final dos 24 Módulos recebe apenas a Certificação de  Teoria Psicanalítica Freudiana não devendo em hipótese alguma exercer a Psicanálise laboral.

Critério mínimos para Formação de Psicanalista e Estágio/Supervisionado por parcerias ou Convênios:  ABMP-DF

PARCERIA DA ABMP-DF PARA ESTÁGIO VOLUNTÁRIADO DE PSICANÁLISE

 Carga Horária Mínima 100 Horas (sob.Supervisão) Estágio de Acolhimento Escuta

 CONDIÇÕES E REQUISITOS:

 Estar frequentando o Curso de Estudos das Obras de Freud e Pós Freud e não possuir pendência de entrega de Trabalhos/Resenhas dos módulos e faltas (injustificadas) às Aulas Presenciais. (Há formulário próprio Justificar Faltas)

- Preencher a Ficha de Estágio Voluntário da ABMP-DF apresentar uma foto 3×4 (recente)

- Estar fazendo de forma voluntaria e continuada “análise pessoal” didática, podendo ter autorização p/ iniciar o estágio a partir da sessão: 30 sessões

(Faltas as sessões de “análise” estão sujeitas a suspensão do estágio) 

Haverá (suspensão) caso deixe de comparecer as sessões para “análise e supervisão” dos atendimento de acordo com o Termo de Parceria, estará suspenso (temporariamente).

- Apresentar declaração de “Análise” com firma Reconhecida em Cartório Público (Que estará sujeita a averiguação e confirmação) da sua supervisão.

- Estar afiliado a ABMP-DF  para emissão Crachá (Voluntário (a) de acordo com a Lei Federal.

- Apresentar Atestado de Saúde Mental

- Assinar termo de Confidencialidade de Relatório/Supervisão/ ABMP-DF

- Assinar Termo da Lei Federal do Serviço Voluntário

- Apresentar o Oficio de Encaminhamento da ABMP-DF de acordo com o Termo de Parceria

- Preencher os relatórios de supervisão e manter sigilo dos atendimento de acordo com o Termo de Parceria.

- Os requisitos (acima) e o Estágio de Acolhimento é parte integrante do Tripé Psicanalítico formação adequada para Clínica de Psicanálise

 

Trabalhos dos Módulos de  Psicanálise podem ser entregues por e-mail (sem atraso).

CLICK AQUI PARA EXEMPLO VER O MODELO DE TRABALHO DE CADA MÓDULO

Trabalhos e resenhas podem (eventualmente) ser enviados (via correios) por Aspirantes de outros (Estados) 

A partir de Setembro/2017 todos trabalhos e Resenhas devem ser entregue pessoalmente (ou em sala Aula) e protocolado no livro de trabalhos (entregues)  do Percurso de Psicanálise. 

Ter Concluído/ou/Cursando Curso de Formação em Psicanálise reconhecido pelo nosso Percurso.

(Apresentar declaração da Entidade do Curso com CNPJ, Endereço e Telefones).

Alunos (as) de outras Instituições saibam que seu Certificado de Psicanálise estará sujeito a avaliação de aceitação ou não.  

(Estarão sujeito a Avaliação: Grade do Curso e Exigência Declaração de Análise).

Apresentar Declaração de “Análise Terapêutica e Análise de Supervisão” se caso Psicanalista vinculado a outra entidade  (Estará sujeito a Avaliação, declaração dever vir assinada como nome, carimbo e telefone do Declarante, inclusive com reconhecimento de assinatura em Cartório Público. O modelo desta declaração está disponível no site:

 http://www.abmpdf.com/declara__o_an_lise_.html 

Deverá ser “Associado” ou “Associar-se estando comprovadamente em dia com sua documentação (Associativa) da ABMP-DF e não possuir nenhuma anotação de desistência ou restrições no seu Percurso de Psicanálise.

Apresentar (original) Certidão Nada Consta Antecedentes.

Atestado de Saúde e Sanidade Mental (original).

Apresentar Currículo Vitae e agendar sua entrevista.

(Currículo sujeito a  Avaliação).

É obrigatório fazer de 200 a 350 Sessões de “Análise/Individual” com Psicanalista da entidade ou apresentar-se com a  Declaração (citada acima) de Psicanalista de outra entidade. Cuja a mesmo (O número de sessões estará sujeito (variação e a avaliação) pelo Diretor ou banca do Percurso de Psicanálise.

Caso desista ou mude de “Analista” suas horas ou sessões de psicanálise não são cumulativas ou transferíveis em hipótese alguma, por ferir a ética e contrariar o Tripe do Percurso de Psicanálise.

Importante: Verifique a Validade da Carteira do Psicanalista de sua “Análise Terapêutica e de Supervisão” não faça “análise terapêutica ou supervisão com profissional que não estiver em dia com sua Entidade, ou desconheça sua formação ou não possua referências na dúvida consulte nossa entidade.

Apresentar Declaração de quantidade de faltas justificadas às “sessões” de Análise e durante sua “Formação” ou prática de “Escuta/Supervisionada Voluntária”.

Faltas Justificáveis (Motivos de Saúde e “Força Maior” desde que avisada com 24 Horas de Antecedência ao seu horário). Caso contrário a sessão de análise é cobrada pela reserva do horário. 

Qualquer “suspensão” das sessões de análise individual, didática ou de supervisão, suspenderá automaticamente o candidado a “Analista” a sua “prática” da escuta e acolhimento pela parceria da ABMP-DF exceto por motivo de tratamento médico ou comprovada força “maior”.

Para candidatos a Formação Laboral de Psicanálise devem acatar o tripé da Psicanálise:

(Análise/Individual, didática, Análise Supervisionada é necessário aderir “Associar-se”  a ABMP-DF e marcar suas sessões de análises e sob supervisão. Depois poder ser autorizado a fazer parte “prática” supervisionada pela parceria “Voluntariada”  que a ABMP-DF mantiver.A  Escuta e Acolhimento Psicanalítico será da “parceria” voluntáriada da ABMP-DF com Instituições que permitam Acolhimento de Escuta Voluntária, de acordo com termo de Parcerias e Voluntariado assinados e reconhecidos pela ABMP-DF.

A carga horária de Acolhimento e Escuta voluntariada pode variar de:  100 a 300 Horas de Atendimento voluntariado com base na lei Federal do “Voluntariado” e sob. Supervisão e critério do Percurso de Psicanálise da  ABMP-DF.

O Aspirante de Psicanálise poderá ser convidado a participar de Grupo de Estudo Psicanalítico semanal ou mensal do percurso da ABMP-DF.

Acatar a base de leituras e bibliografias recomendadas.

Aceitar ser supervisionado dos seus “atendimento” por Psicanalista da ABMP-DF.

Apresentar e manter seus relatórios de “Escuta” atualizado para supervisão didática.

Não é necessário e nem obrigatório a compra de (Livros) de Psicanálise

Sobre:

PSICANALISTA

O Psicanalista existe a partir da conclusão e  base no tripé freudiano constituído principalmente por análise/individual didática pessoal, participação de seminários, workshops, supervisões  somente após isso o Psicanalista estará preparado e  atuar em nível de atendimentos da Escuta Psicanalítica.

Não é psicanalista que não fez a sua “análise terapêutica pessoal” (Tripé Psicanalítico) que deve ser comprovado mediante apresentação de Certidão de Tripé Psicanalítico, não é psicanalista quem não “estuda” continuadamente sobre a “Psicanálise” Freud e Pós Freudianos / autores ímpares e isentos de ideologias políticas, culturais e religiosas. Não é Psicanalista quem critica ou julga seu próprio “Colega” ou atendido. O Psicanalista deve participar de algum grupo de estudo. Não é psicanalista quem  vai atrás de alguma linha no qual se anule sua própria linha personalidade e caráter ético. Psicanalista não prescreve nenhum tipo de medicação, não emite atestados de saúde ou afastamento de trabalho, não substituí a nenhum procedimento Médico ou Hospitalar com Especialista Médico, Psicanálise não é religião, dogma moralista e nem está vinculada a nenhuma instituição religiosa ou partido político. A Psicanálise não possuí contra indicações ou efeitos colaterais clínicos indesejados ou de risco, por não aviar nenhum tipo de receita (exames, medicação, ou conselhos e recomendações de Terapias Alternativas ou Holística.  Psicanálise em (essência não é Terapia Holística ou Alternativa). A Psicanálise não substituí outras “Psicoterapias e formas de tratamento” recomendadas por especialistas ou de acesso e possibilidade de cada indivíduo.

 

1 – É necessário estar em análise individual e didática,  e de supervisão em freqüência máxima de uma a três vezes por semana, durante todo o tempo que durar a formação, ou seja, até que todos os trabalhos de conclusão do curso sejam entregues, esse período pode variar de instituição para outra entre 2 a 4 anos ou de 200 a 400 horas de análise e Supervisão.

 

2 – Os Seminários, Encontros ou Reuniões de estudo podem durar até dez semestres, sendo os dois primeiros anos dedicados ao estudo da Teoria Freudiana. Nos dois anos seguintes são estudadas outras teorias psicanalíticas. O quinto e último ano é dedicado à revisão de Conceitos Básicos e a Seminários sobre a psicoterapia psicanalítica para criança, adolescente, casal e família.
 

3 – A partir do inicio do 1º Semestre do seu curso o candidato Aspirante a  (Psicanalise) pode começar a  sua  “análise-terapêutica.  A análise é de  vital importancia que se inicie desde do seu primeiro dia de aula/didática do seu percurso psicanalitico. 

Durante todo o Curso os candidatos são incentivados a participarem das atividades da Associação ou da Sociedade a que pertençam  como uma forma de agregar conhecimento e intercâmbio com todos os membros.
Acreditamos que a transmissão da psicanálise, atividade de grande importância para a instituição, deve ir além do simples aprendizado teórico e clínico, constituindo uma formação permanente de todos os seus membros.

Essa transmissão deve ser enriquecida pela participação de todos na dinâmica institucional, para que a vivência grupal permita o exercício da palavra livre e responsável, fundamental para a nossa prática como cidadãos e psicanalistas.

No Brasil a Psicanálise está classificada na CBO Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho e Emprego, sendo considerada: ocupação de exercício livre e aberto a qualquer pessoa que possua sua capacitação.

A Psicanálise não é profissão regulamentada porém seu exercício não é ilegal, por não ser regulamentada não está vinculada a nenhum Conselho de Classe, seu exercício é livre em todo país. Não existe curso de Formação de Psicanálise reconhecido como graduação pelo MEC no Brasil, algumas entidades usam a chancela de algumas Faculdades para emitir Certificado de Psicanálise a título de aproveitar a lacuna da Lei e a Jurisprudência do exercício da Psicanálise no Brasil.

A ABMP-DF possui cópia de documentos e pareceres sobre o exercício legal da Psicanálise no Brasil. Com esclarecimentos importantes que pode ser disponibilizado para qualquer membro associado.

A ABMP-DF possui parceria para “prática” de “escuta” Psicanalítica supervisionada para Psicanalista Aspirante  que seja membro “Associado/Correspondente” poderá fazer sua “prática” de Escuta Analítica.

A Psicanálise é percurso de Estudos das Obras de Freud são de domínio público, e para a mesma só habilita-se e estabelece-se o “aspirante” de Psicanálise que tiver competência e estiver com seus conflitos psíquicos re-editados, resolvidos ou em seu ponto de ebulição inconsciente em equilíbrio.

 Hoje existem mais de 30.000 (Trinta Mil) Entidades; sociedades associativas de Psicanálise cada uma tentando defender uma fatia de mercado e algumas adeptas de uma linha doutrinária de pensamento, dessas entidades algumas são sérias e legais e outras são de cunho duvidoso vinculada: grupos:  Alternativos, Holísticos,  igrejas, religiões e todo tipo de especulação (menos a psicanálise em essência).

Evidente que temos algumas entidades que são sérias e são dignas de respeito e credibilidade.

Porém algumas têm cunho duvidoso e servem apenas de manipulação dogmática e fechada a seus seguidores/associados, que estão presos a alguma linha de pensamento ou estão vivenciado a neurose de (ambição e vaidade) dos seus dirigentes.

A ABMP-DF é uma entidade Multidisciplinar e livre, independente e por algumas vezes têm sido alvo de crítica de alguns terceiros que se dizem “Psicanalista” e agem em sala de aula sem o mínimo de respeito, ética, conhecimento de causa e que são ignorantes na sabedoria da lei e sua jurisprudência para a formação e o exercício da psicanálise no Brasil.

Estamos à sua disposição para quaisquer esclarecimentos seja curiosos, estudantes, profissionais ou mesmo a ignorantes e sábios.

Queremos reafirmar que a ABMP-DF tem orgulho dos seus 20 Anos de Fundação onde só temos Associados de todo Brasil que são pessoas esclarecidas, profissionais sábios e que agem para o bem com ética e profissionalismo em suas ocupações profissionais.

Alguns profissionais que não acreditam em si ou possuem “Insegurança” daquilo que são.

Esses é quem nos “Critica” agem com críticas sem fundamentação legal ou apenas estão defendendo sua reserva de mercado, por achar que alguns de nossos Associados ou nossos “Profissionais” associados constituem uma “Ameaça”.

Aos que se sentem “Inseguros e Ameaçados” recomendo que voltem a refazer sua “análise pessoal” e estudem mais sobre ética e respeito ao próximo principalmente para depois se intitular Psicanalista.

Pois isso deve existir em qualquer profissão ou família prioritariamente, a “presença de Mestres e Professores”  é que validam a formação do Psicanalista.  Essa importância é que “importa” para que se encaminhe nossos formandos, profissionais para conquistarem seu espaço e mercado de trabalho  a serviço em prol do bem estar humano segundo o pai da psicanálise.

 

Brasília-DF 22 de Março de 2010

ABMP-DF

www.abmpdf.com

Referência Bibliográfica:

Diatkine, R. (1988), Destins du transfer,

Revue française de Psychnalyse, 52, 4/1988, pp.803-813

 

 AS MUDANÇAS LIGADAS AO TRABALHO ANALÍTICO

 

Trecho reproduzido do Livro: A Prática Analítica de Thierry Bokanowski

Imago Editora, 2002

 

            O trabalho analítico dá oportunidade ao indivíduo de alcançar um certo número de mudanças que lhe permitem atingir novas modalidades de funcionamento psíquico. Permitindo que ele tenha acesso à sua própria posição subjetiva, tais mudanças dirão essencialmente respeito à modificação de suas relações consigo pr&oac